domingo, 17 de junho de 2007

Carência de B12 em Vegetarianos Estritos.

Os principais tipos de dieta vegetariana são: Vegetarianismo estrito - evitam o consumo de todos os produtos animais incluindo ovos, leite e queijo. Os seguidores deste tipo de dietas também são conhecidos como veganos. Ovo-lacto-vegetarianismo - Essa prática proíbe a ingestão de todas as carnes, porém permite o consumo de produtos animais como ovos e leite. Lacto-vegetarianismo - Elimina a ingestão de todas as carnes, mas permite o consumo de leite e seus derivados, como queijo, manteiga e iogurte. Ovo-vegetarianismo - proíbe o consumo de carnes, mas permite comer ovos.

Estatísticas indicam que pessoas que seguem as dietas vegetarianas têm menor incidência de contrair doenças cardíacas, câncer e osteoporose.
A American Dietetic Association diz que: "embora fatores não relacionados à dieta, como atividade física e abstinência do fumo e álcool, possam ter um papel importante, a dieta [sem carne, vegetariana] é claramente um fator" que contribui para a redução das taxas de várias doenças degenerativas. Pesquisadores como Dean Ornish têm obtido bons resultados no tratamento de pacientes cardíacos com dieta vegetariana estrita, exercício físico e programa de redução de Stress. Há também aspectos nutricionais que encorajam o consumo de frutas, vegetais e cereais e a diminuição de carnes e gorduras. Mas atenção, para os vegetarianos estritos, há o risco de deficiência de vitamina B12, enquanto que quase todos os alimentos animais contêm boas quantidades de B12, os vegetais não são fonte desta vitamina. A vitamina B12 é armazenada no corpo por vários meses, então os sintomas de deficiência desta vitamina, que podem ser severos, não aparecem imediatamente após entrar numa dieta vegetariana estrita. Alguns nutrientes importantes (aminoácidos, gorduras, vitaminas A, D, K e E) estão presentes em boas quantidades nas carnes, porém uma dieta vegetariana pode ser elaborada de modo a contê-los também. A American Dietetic Association afirma que: "fontes de proteína vegetal podem fornecer sozinhas as quantidades adequadas de aminoácidos se uma boa variedade de alimentos vegetais for consumida e as necessidades de energia forem atendidas". Entretanto, é importante que os vegetarianos estejam atentos à sua ingestão de proteínas, vitamina B12 e outros nutrientes. Como qualquer dieta, as que eliminam produtos animais precisam ser balanceadas e incluir boa variedade de alimentos. As deficiências de vitamina B12 podem provocar lesões irreversíveis do sistema nervoso causadas pela morte de neurônios. Os sintomas neurológicos são os mais variados e decorrem da morte ou perda de função das células atingidas nos mais diferentes setores do cérebro e medula. As alterações neurológicas podem acontecer mesmo não havendo ainda anemia.

A B12 É essencial para o metabolismo normal de todas as células, especialmente as do trato gastrointestinal, medula óssea e tecido nervoso, co-fator no sistema de defesa antioxidante.

Os principais problemas causados pela carência de B12 são:
fraqueza e cansaço excessivos, entorpecimento, formigação e queimação dos pés, pontadas nas mãos e pés, rigidez e fraqueza generalizada das pernas, pouca coordenação muscular, incapacidade de manter o equilíbrio ao caminhar, diminuição da sensação de vibração e posição, memórias de curto prazo e recente prejudicadas, raciocínio prejudicado e depressão podem estar presentes, memória precária, alucinações, distúrbios do humor, irritabilidade, irregularidade do ciclo menstrual.

As taxas ideias de Vitamina B12 por pessoa são:
Normal: 300 - 800 [pg/ml]
Deficiência: < 150 Metabolismo prejudicado por deficiência em vitamina B12)
Deficiência: < 100 Comprometimento Clínico (Anemia por deficiência de B12)

Suplementos: Via Oral: Comprimidos de 5000 [mcg]: Absorção por simples difusão - Apróx. 1 % da dose - 50 [mcg]. (Citoneurin 5000 / Vitatonus 5000)

Dependendo da atividade fisica e mental exigida, de 2 a 4 comprimidos por mês.

Material extraido do Seminário Saúde e Estilo de Vida. (IASD Central de Salvador 9 a 16 de Junho de 2007).
Palestrante e Pesquisador: Dr. Manuel Antônio Tápia.
Diretora de Saúde e Temperança: Kismary Reis.

11 comentários:

Anônimo disse...

Meu nome é diego soares sou estudande de enfermagem e sou um estudioso do vegetarianismo e pratico o que voces chamam de vegans "estritos"... Gostaria de lhes questionar algo: " Em algumas pesquisas que fiz descobrir que a maioria do cereais integrais possuem uma quantidade significativa de cianocobalamina a popular vit. B 12, e um estudo da Universidade de Adrews, comprovou que a medida que se almentava o numero de cereais integrais na alimentação regular o indice serico de vit. B 12 aumentava suprindo as necessidades basicas humanas. Me parece haver um pequeno equivoco ... a revista Adventista em uma de suas ediçoes afirmou anteriormente que não existe fonte vegetal de vit. b 12 e que ela só era proveniente de origem animal contradizendo a universidade ( também adventista) que é referencia mundial em nutrição. A sugestão de suplementação feita pelo conferencista é questinavel pois pelo cunho religioso não devemos fazer uso da carne mais qual a origem da vit. b12 (suplemento) proposto ? Não seria ela de origem bovina ou talves suina onde os niveis de vit. b12 são maiores do que em todos os animais ...? Me parece que esta questão não deixa de ser uma mera desculpa para continuar ingerindo produtos de origem animal tão apreciadas pelo paladar não santificado e que por contra partida provocam danos a saude ainda que silenciosos ...
Aconselho-vos que abandoneis todo tipo de artigo animal ...este segundo o grande cientista Secular Kepler ( criador da teoria eliptica do sol ) a mais de 300 anos atras afirmou é o melhor posicionamento do ser humano .....

Dener disse...

Antes de se tomar qualquer decisão em relação a ingestão de produtos de origem animal devido a Cobalamina ou Cianocobalamina (vitamina B12, deve-se considerar três de suas caracteristicas:
1º Ela é hidrossolúvel, isto é, se dissolve em água;
2º Ela é termosensível, não resiste a altas temperaturas;
3º Tem um carater intrinseco ao corpo, isto é, o corpo humano a produz em niveis suficientes para seu bom funcionamento, desde que haja uma alimentação equilibrada.
Considerando as informaçãoes suprecitadas, chego a seguinte conclusão: PARA APROVEITARMOS A VITAMINA B12 DAS CARNES, DEVERIAMOS COMÊ-LAS CRUAS, POIS AO COZINHA-LAS, FRITÁ-LAS OU ASSÁ-LAS, ESTAMOS DESTRUINDO A VITAMINA E NO CASO DOS COZIDOS, AINDA DISSOLVENDO-A EM ÁGUA. O QUE NOS RESTA É SÓ UMA MASSA DE FIBRAS MUSCULARES!
COM ISSO NAO MES RESTA DÚVIDA DE QUE NAO PRECISAMOS E NAO DEVEMOS COMER CRANES DE QUALQUER ESPECIE!

Carla disse...

Sou vegan há um ano, e não me preocupava com a vitamina B12, uma vez que ela está presente (em pequena quantidade, mas suficiente)em alimentos de origem vegetal. Acontece que depois de 6 meses com a alimentação vegan, fiz um exame de sangue e minha B12 estava no limite mínimo, estava 101. Minha nutricionista (que é naturalista)recomendou que eu consumisse um ovo duas vezes por semana para suprir a vitamina ou então tomasse suplemento. Todos esses danos que a falta da vitamina pode causar de alguma forma me assustam, e resolvi tomar o suplemento.
Obs: sou vegan há um ano, mas sou vegetariana há 7 anos.
Já ouvi dizer que quando se tem um contato direto com a terra, diariamente, a produção de B12 pelo organismo é estimulada e torna-se desnecessário ingeri-la. O problema é ter esse contato com a terra, na vida urbana! acabamos ficando sem opção...
Vou deixar meu email caso alguém queira trocar idéias a respeito:
carlaboanova@gmail.com

ninhoverde disse...

Eu não sou vegetariano mas gostaria de esclarecer alguns pontos. A vitamina B-12 não existe em alimentos vegetais a não ser em forma de aditivo. Alguns vegetais possuem correlatos a vitamina B12 mas estes não servem e ainda podem comprometer a absorção da B12 pelo organismo. Quem fabrica a B12 são as bactérias existentes no trato digestivo dos animais. O homem também possui estas bactérias em seu intestino porém é incapaz de absorvê-las na porção em que se encontram. As únicas fontes naturais de vitamina B12 existentes são os alimentos de origem animal e as fezes. O único relato existente de vegetarianos "estritos" que conseguiam sobreviver sem o uso de suplementação são aqueles que ingeriam vegetais contaminados com suas fezes e de seus animais. Já existe o produto veganamente correto produzido por cultura de bacterias, não testado em animais nem de origem animal (já que as bactérias mudaram de reino convenientemente). Que eu saiba não existe no Brasil, só na Inglaterra (Quest Vitamins, Holland & Barrett)

Carla disse...

O suplemento de B12 pode ser encontrado em farmácias de manipulação; pode-se pedir para fazer com cápsula vegetal e sem lactose.

Anônimo disse...

Sou vegetariana há quatro anos e fui vegana por seis meses, mas me vi obrigada a voltar a comer ovos e derivados de leite. Fiz um exame e minha B12 deu 70. Estou tomando injeções de citoneurim 5000 e antes senti fraqueza, sensação de vazio, depressão, dores musculares entre outros sintomas. Mas fica um alerta: esse resultado baixo da B12 só aconteceu porque eu estava fazendo um tratamento medicamentoso para uma doença mais rara e esse medicamento afetou os níveis de B12. Até então eu fazia controle constante e nunca tinha dado alteração.

Anônimo disse...

SEMPRE FUI VEGETARIANA, MAS CONSUMO LEITE, OVOS E QUEIJO, FIZ EXAMES E MINHA TAXA DE B12 DEU MUITO A BAIXO, MEUS CABELOS COMEÇARAM A CAIR, ESTÃO FRÁGEIS, ALGUÉM SABE ME DIZER SE É POR ISSO? EXISTE ALGUM MEDICAMENTO QUE POSSO TOMAR PRA SUPRIR? OUVI DIZER QUE INJEÇÕES DE CITONEURIM 5000 TOMANDO 1 AMPOLA DE 3 EM 3 MESES RESOLVE ALGUÉM SABE DISSO? MEU E-MAIL: claudia_mpm@hotmail.com

Roberto disse...

Meu nome é Roberto, tenho 46 anos e sou ovolactovegetariano há 27 anos. Estou, plenamente convicto dos benefícios desse novo estilo de vida, não somente no campo físico, como também no plano ético e espiritual. Tive uma melhora, considerável na saúde geral. Fiquei curado de uma faringite, não sinto mais dores de cabeça, não tenho mais diarréias, resfriados, etc. Realmente, minha resistência imunológica aumentou bastante pela maior uso de vegetais e pela diminuição do consumo de acúcar refinado.
Tenho feito exames regularmente e meus níveis de ferro, cálcio, glicose, colesterol e hormônios estão ótimos. No entanto, tenho percebido que há mais de três anos os níveis de B12 baixaram, o que me deixou preocupado.
Tenho reparado que minha memória está fraca. Não sei se há alguma correlação. Gostaria de uma palavra, alguma orientação.
Obrigado!

Roberto

garota solitária disse...

estou fazendo uso do citoneurin 5000 um comprimido apos o almoço e um apos o jantar sinto dores muito forte na barriga vc acha que pode ser o remedio e e uma dosagem muito forte?

garota solitária disse...

estou fazendo uso do citoneurin 5000 um comprimido apos o almoço e um apos o jantar sinto dores muito forte na barriga vc acha que pode ser o remedio e e uma dosagem muito forte?

Anônimo disse...

Isquemico anonimo.

Minha mulher sofre de esqueia. Ouvi dizer que o citoneurin é um produto auxiliar para essa situação.
Qual opinião dos postantes?
Ela não é vegetariana, come de tudo.
Muito preocupada com as coisas da vida. Tem 71 anos. Pesa aproximadamente 68 quilos - altura 1,60.